"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Centro Científico e Cultural de Macau

Distrito: Lisboa
Concelho: Lisboa

Calendário das actividades do Museu, Exposições temporárias, Cursos livres, Seminários, Ateliers, Aluguer de Espaços
Morada
Rua da Junqueira, 30
1300-343 Lisboa
Telefone
21 361 75 70
Observações


O Centro Científico e Cultural de Macau (CCCM) é um Instituto Público, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, vocacionado para as questões da China, para o universo das relações entre Portugal, e restante Europa, com a China/Ásia Oriental. Sobretudo para os temas e problemas luso-chineses, no passado e no presente, e a realidade internacional que é Macau, fronteira multissecular por excelência da China com os Mundos do Mundo.

O CCCM é um centro de investigação científica, um espaço de estudo e de ensino da língua, cultura e história da China. Também um centro de formação contínua e avançada, de alta divulgação cultural e de especializada informação com um original Museu e uma apetrechada e especializada Biblioteca.

O Museu do CCCM com recurso a linguagens modernas e dinâmicas, didácticas e interactivas, apoia-se nas mais recentes tecnologias para captar a atenção dos mais jovens e do público em geral, visando divulgar a condição essencial de Macau enquanto ponto de encontro por excelência de Portugal e da Europa com a China. Procura, ao mesmo tempo, acentuar a importância da milenar herança da civilização chinesa, constituindo-se como uma das mais importantes colecções de arte chinesa da península Ibérica e o único Museu histórico-cultural sobre Macau existente fora da República Popular da China.

A Biblioteca do CCCM acerca da China e da Ásia Oriental, enquanto História, Sociedade, Economia e Cultura, no passado e no presente, é a mais completa, especializada e actualizada existente em Portugal.

Milhares de volumes, nas mais diversas línguas, apoiam a investigação e a alta divulgação nos domínios da Sinologia, das Relações Internacionais e Interculturais Europa-China, dos estudos sobre Macau.

Um vasto fundo documental, em diferentes suportes, fornece informação sobre a China e Macau, no passado e no presente. A Biblioteca está articulada em rede a outras instituições afins, nacionais e estrangeiras. A sala de leitura com 30 lugares é completada por um espaço multimédia.

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
39,374,067