"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Exposições

"Padre Manuel Antunes, sj: Pedagogo da Democracia – 1918-1985"

O Padre Manuel Antunes, sj, é considerado um dos mais notáveis pensadores e pedagogos portugueses. Assinalando-se, em 2018, o centenário do seu nascimento, será inaugurada, no dia 10 de abril, no átrio principal da FLUL, às 11h30, a exposição itinerante. 

10 Abr a11 Mai

Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
Alameda da Universidade MB, 1600-214 Lisboa


Após a abertura da exposição, terá lugar uma conferência de imprensa para apresentação solene do programa das iniciativas do Centenário Antunesiano.
A iniciativa contará com as intervenções do Diretor da Faculdade de Letras, Professor Doutor Miguel Tamen, do Presidente da Comissão Científica do Centenário Antunesiano, Professor Doutor Guilherme d’Oliveira Martins, do Presidente da Câmara Municipal da Sertã, Dr. José Farinha Nunes, do Comissário da Exposição, Professor Doutor Luís Machado de Abreu, e do Presidente da Comissão Organizadora do Centenário, Professor Doutor José Eduardo Franco.

Nota sobre o Padre e Professor Manuel Antunes, sj
Há grandes personalidades pouco conhecidas, mas que sonharam um mundo melhor e inspiraram a sociedade livre e democrática em que hoje vivemos. O Padre e Professor Manuel Antunes, sj (1918-1985) foi uma dessas figuras extraordinárias que nasceu há cem anos, no fim da I Guerra
Mundial. Formou-se na Companhia de Jesus, tornou-se padre jesuíta, foi professor de mais de 15 mil alunos na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, ensinou jovens que se tornaram grandes líderes, professores, poetas, escritores de Portugal, ajudou muitos com sabedoria e paciência revolucionária, aquando da perseguição política e da censura, de que também foi alvo. Entre os seus alunos teve muitos que hoje são figuras conhecidas como Marcelo Rebelo de Sousa, Maria do Céu Guerra, Maria Filomena Mónica, Jaime Gama, Lídia Jorge, António Dacosta, Sophia de Mello Breyner Andresen, Luís Miguel Cintra, José Barata-Moura, José Pedro Serra, Ana Zanatti, entre tantos outros. Pensou e escreveu sobre os diferentes temas e problemas do mundo do passado, do presente e do futuro.
Legou-nos uma multidão de textos, muitos deles assinados com os seus 126 pseudónimos, sobre filosofia, psicologia, história, teologia, literatura, sociologia, antropologia, economia, política, sobre civilizações antigas e modernas e sobre diversos povos, países e continentes do mundo. Deixou um exemplo de homem bom e universal. É o percurso e a obra desta figura fascinante, o Padre e Professor Manuel Antunes, considerado um dos maiores sábios do século XX, que daremos a conhecer ao longo deste ano em que se celebram os 100 anos do seu nascimento.

Para mais informações, consulte o website.

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
39,372,731