"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Cinema e Vídeo

Sessão e debate do filme "Cinema Novo", de Eryk Rocha

O coletivo Andorinha e a Casa do Brasil em Lisboa convidam a todos para a exibição do longa-metragem “Cinema Novo”de Eryk Rocha, no dia 12 de novembro às 19 horas.

12 Nov   |  19h00

Casa do Brasil de Lisboa
R. Luz Soriano 42, 1200-248 Lisboa

Premiado com a Palma de Ouro de documentário no Festival de Cannes (2016), o filme traz um ensaio poético sobre o movimento que projetou o cinema brasileiro no mundo.

Após a sessão haverá um debate com Diogo Dahl, o produtor do filme, com mediação de Renata Spitz

Quem é Eryk Rocha?
O documentarista Eryk Rocha, nascido em 1978, é filho de Glauber Rocha, porventura o mais mundialmente célebre cineasta brasileiro da sua geração, a do Cinema Novo, lançado no princípio dos anos 1960. Como realizador, Eryk Rocha tem trabalhado a sua filiação, quer biológica quer simbólica, como uma coisa inescapável.

Este filme é uma ambiciosa tentativa de “história do cinema por ele próprio”, centrada nos anos da explosão do Cinema Novo. Profusamente ilustrado, e inteiramente composto por imagens de arquivo retiradas aos filmes ou a intervenções televisivas dos seus principais cineastas, este documentário dá imagem e voz a um elenco vasto: Glauber Rocha, Nelson Pereira dos Santos, Paulo Cézar Saraceni, Ruy Guerra, Carlos Diegues, Joaquim Pedro de Andrade, Leon Hirszman, Walter Lima Jr, entre outros. Luís Miguel Oliveira (PÚBLICO)

Sinopse do filme:
Um ensaio poético, um olhar aprofundado e um retrato íntimo sobre o Cinema Novo, movimento cinematográfico brasileiro que colocou o Brasil no mapa do cinema mundial, lançou grandes diretores (como Glauber Rocha, Nelson Pereira dos Santos e Cacá Diegues) e criou uma estética única, essencial e visceral que mudou a história do cinema e a história do Brasil para sempre.
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
45,578,787