"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Danças

"Sombras" de Diletta Bindi e Sara Montalvão

Projeto de criação artística em dança contemporânea, das criadoras e intérpretes Diletta Bindi e Sara Montalvão, pretende perceber a própria sombra, observá-la, senti-la e brincar com ela desafiando a ótica do espectador.

12 Nov a15 Nov

Biblioteca de Marvila
R. Luís de Sttau Monteiro C4, 1950-374 Lisboa
Lisboa

S O M B R A S
de Diletta Bindi e Sara Montalvão
[dança]

Estreia absoluta no âmbito do Festival InShadow
12 e 13 de novembro’19 | Museu da Marioneta às 10h30 [sessões escolas]
15 de novembro’19 | Biblioteca de Marvila às 21h [público geral]

SOMBRAS é um projeto de criação artística em dança contemporânea, das criadoras e intérpretes Diletta Bindi e Sara Montalvão.
Tem como base o estudo da sombra nos seus diferentes aspetos e inúmeras leituras.

Parte-se da ideia de dualidade, entre o conflito e a complementaridade - não existe sombra sem luz.

É tomado como referência o texto “A alegoria da caverna” de Platão presente no livro “A República”, onde o jogo entre sombra e luz é conceptualizado em relação à verdade. Esteticamente inspira-se nos trabalhos do escultor Alberto Giacometti e no filme “Labirinto do Fauno” de Guillermo del Toro. Ambos com um trabalho visualmente ligado ao negro e à sombra, cujas figuras criadas são referências a nível visual e de influência ao trabalho cénico.

O processo criativo começou em setembro com residências artísticas entre o Porto e o Alentejo, acompanhadas por laboratórios criativos para crianças.

Este projeto para além da finalidade artística, tem um forte cariz social levando a locais e comunidades, atividades que não chegam com tanta frequência, dinamizando laboratórios criativos com crianças dos locais de acolhimento, onde serão partilhados vários estímulos, entre o dar e receber, que certamente serão matéria criativa para o espetáculo.

A estreia do SOMBRAS acontece dias 12 e 13 de novembro no Museu da Marioneta para público escolar, e a 15 de Novembro na Biblioteca de Marvila para público geral.

As estreias estão integradas na 11ª edição do InShadow – Lisbon Screendance Festival, uma iniciativa da VOARTE.

BILHETES 5€ [desconto 50% residentes na freguesia de Marvila]

RESERVAS BIBLIOTECA DE MARVILA
Inshadowfestival@gmail.com | 914 040 47 1 | 21 393 24 10
Bilheteira da Biblioteca de Marvila dias 14 e 15 a partir das 19h

SINOPSE
A sombra representa, por oposição à luz, tudo o que é irreal, esquivo e sujeito a mudanças.
Se por um lado, a sombra é a ausência de luz, por outro, podemos considerá-la como um ponto de equilíbrio, ou seja, a natureza da sombra requer tanto de luz como de escuridão e só emerge a partir do momento que um corpo ou elemento se encontra na luz.
Perceber a própria sombra, observá-la, senti-la, brincar com ela e desafiá-la, são as premissas para uma partitura coreográfica que pretende jogar com a ótica do espectador.

EQUIPA ARTÍSTICA E TÉCNICA
Conceção, coreografia e interpretação | Diletta Bindi, Sara Montalvão
Desenho de luz | Luís Ribeiro
Sonoplastia / Músico | Fabio Arnosti
Figurinos e adereços | Cláudia Ribeiro
Grafismo / Design discourser | Thiago Liberdade
Comunicação | Rita Piteira
Registo e Fixação Audiovisual | Francesco Spinucci
Produção | Sara Montalvão
Costureira | Alexandra Barbosa
Apoio à criação | Fundação GDA
Co-produção | VOARTE, Cine-Teatro Louletano
Apoio a residências artísticas | Armazém 22 – Kale, Companhia de Dança, Cultivamos Cultura
Apoios | IPSS Benéfica e Previdente – Arrimo – Projeto Sinergias, Junta de Freguesia de São Luís, Associação Cultural Marulhada

Sara Montalvão (1986) atriz e bailarina profissional, formou-se com Augusto Fernandes na Argentina e fez o FAICC pela Cia Instável. Fez formações intensivas com os coreógrafos David Zambrano, Edivaldo Ernesto, LukeJessop/IonTribe, HofeshSchechter, entre outros. Também constrói e manipula formas animadas. Desenvolveu trabalho comunitário e social enquanto formadora de dança contemporânea, teatro e dança inclusiva para públicos de diversas faixas etárias, com destaque para o público infantil.
Criou espetáculos a solo e co-criações. Trabalha atualmente como intérprete em projetos da CiM/VoArte e Teatro do Mar. Vive atualmente em Lisboa.

Diletta Bindi (1987) bailarina profissional, começou a estudar dança aos 10 anos. Em 2008 foi bolseira na companhia “Teatrogrecodancecompany” com direção artística de Renato Greco, onde estudou dança clássica e técnica MattMattox. Em 2010 foi determinante o encontro com a coreógrafa Paola Lattanzi, com quem trabalhou no projeto “Movimenti Urbani”, promovido pelo Ministério da Juventude. Criou o seu primeiro solo “Ni-Ni-Ni” e fundou o coletivo “Luogo comune Danza” em 2012. Viveu e trabalhou vários anos em Portugal, trabalhando com Victor Hugo Pontes, Tiago Rodrigues, Amélia Bentes, Ana Figueira, Ana Rita Barata, Mafalda DeVille, Romeo Castelucci, entre outros. Vive atualmente em Roma, Itália onde desenvolve projetos criativos a solo e em coletivo.
Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Visitas
44,942,528