"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Exposições

"Sarah Affonso. Os dias das pequenas coisas"

A exposição dedicada a Sarah Affonso (Lisboa, 1899 – 1983) é uma de duas que, neste ano em que se celebram os 120 anos do nascimento da artista modernista, recordam a sua vida e obra. 

13 Set a22 Mar

Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado
Rua Serpa Pinto, 4, 1200-444 Lisboa

Portugal

Inauguração: 12 de setembro, às 19h00
Curadoria: Maria de Aires Silveira e Emília Ferreira

No ano em que passam 120 anos sobre o nascimento de Sarah Affonso e com o propósito de levar ao conhecimento de novos públicos uma renovada leitura da sua obra, dá-se uma feliz coincidência de interesses historiográficos de que resultaram duas exposições em diálogo, Sarah Affonso. Os dias das pequenas coisas, que aqui apresentamos e Sarah Affonso e a Arte Popular do Minho no Museu Calouste Gulbenkian – Coleção Moderna.

Da pintura, às linhas do bordado, da ilustração ao ensino, do desenho de estudo à criação azulejar, passando pelo grande desenho de uma geografia moderna, mas informada na tradição e bem atenta à realidade, com que soube conceber e fazer crescer Bicesse, Sarah resistiu ao quotidiano, adaptando-o à sua vida e à sua visão.

Como reconheceu o filho, ela foi a “fazedora da própria existência”.
 


Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Visitas
43,698,042