"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Teatro

“Apologia para Guilherme” regressa ao Mosteiro de São João de Tarouca

Em 2018, o Mosteiro de São João de Tarouca era palco de uma encenação inédita que trazia à luz do dia um texto com mais de 800 anos. Um ano depois, no dia 15 de junho, às 17h00, o Vale do Varosa apresenta uma nova adaptação da “Apologia para Guilherme”, mas agora interpretado pelos alunos do Agrupamento de Escolas de Tarouca. Entrada livre.

15 Jun   |  17h00

Vale do Varosa | Mosteiro de São João de Tarouca
São João de Tarouca - Tarouca

Portugal

“Apologia para Guilherme”, enquanto proposta de Serviço Educativo, parte do evento que levou ao Mosteiro de São João de Tarouca a reconstituição da leitura da carta de São Bernardo da Claraval ao abade Guilherme. Até então nunca apresentado cenicamente, este foi um projeto inédito que recriou o momento da leitura de um documento que, no século XII, foi lido em todos os mosteiros cistercienses e que voltou a ter voz na Sala do Capítulo do primeiro mosteiro cisterciense a ser construído em Portugal.

A inovação e sucesso do projeto levou em 2019 a direcioná-lo para as escolas do concelho de Tarouca, numa iniciativa que pretende aproximar a comunidade do património, sensibilizando ao mesmo tempo para a sua importância e salvaguarda.

Ao longo dos últimos meses, os alunos tiveram oportunidade de refletir sobre um texto que apesar de escrito há mais de 800 anos continua atual, constituindo esta uma oportunidade de (re)pensar o Homem e os seus comportamentos.

O resultado final será apresentado no próximo dia 15 de junho, através da apresentação cénica do texto, onde os atores principais serão os alunos. Os participantes terão ainda oportunidade de viver um dia no teatro, desde a reunião informal com todos os participantes, passando pelos exercícios de voz e corpo, o ensaio geral, a atribuição do guarda-roupa, até ao momento em que a recriação da reconstituição da leitura adaptada da “Apologia para Guilherme” é levada à cena.

No final das atividades haverá uma conversa informal entre os intervenientes, aberta a toda a comunidade. A adaptação de “Apologia para Guilherme” é o resultado de uma parceria entre o Museu de Lamego, Vale do Varosa, Teatro Solo, Agrupamento de Escolas de Tarouca e Município de Tarouca.
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
41,666,397