"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Exposições

Brrr, Uhh, Shhhh de Francisco Venâncio

Depois da sua primeira apresentação na exposição coletiva "Quando o tacto se faz contacto", o artista apresenta a sua primeira exposição individual no Porto. Francisco Venâncio reúne desenhos, pinturas e esculturas, produzidas ao longo dos dois últimos anos. A exposição tem a curadoria de José Maia e conta com textos do curador e investigador João Terras.

8 Mar a27 Abr

SALA 117 - Arte Contemporânea
Rua Damião de Góis, 200, 4050-222 Porto

Portugal
 
A série de trabalhos aqui apresentados alcança uma generosa parte do percurso de Francisco Venâncio (1990), a sua organização não segue nenhuma orientação cronológica e a mera similaridade de cores e formas, que por vezes possa sugerir linhas de continuidade entre os trabalhos, apenas é sinal de prova do estado inconclusivo, rebelde e potencial em que o artista se encontra. Percorrer cada traço, cada corpo, cada mancha, é percorrer o tempo delas, é entrar na mão e no braço do artista, é caminhar sobre a ideia, é a possibilidade aberta de nos libertarmos de qualquer premissa.

Por fim, as obras de Venâncio existem no caminho e na prequela entre o desenho e a escrita, um processo de criação que caminha no lugar matricial da linguagem, na sua componente oral e performativa, constituindo no seu caso, lugares caligráficos, alfabetos impotentes e palavras do desvio. E não poderemos esquecer este lugar fantástico que o artista nos permite, esse lugar onde continuamos à procura da nossa realidade, da nossa escrita, dos nossos caracteres, das nossas referências, o lugar soberbo que nos oferece é o da constatação de signos gerados sobre o império de uma linguagem que nasce sem território, tempo e espaço e que por isso nos intriga e fascina, precisamente, por ser mais amplo que o conhecido.

Horário: terça a sábado entre as 15h e as 19h.
Agenda
Ver mais eventos
Visitas
41,666,603