"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Notícias

Curtas portuguesas Tio Tomás e Purpleboy nomeadas para os prémios Annie de animação

Filmes de Regina Pessoa e de Alexandre Siqueira vão disputar os prémios anuais da divisão de Hollywood da Associação Internacional de Cinema de Animação (Asifa).

Tio Tomás - A Contabilidade dos Dias, de Regina Pessoa DR


Duas curtas-metragens portuguesas, Tio Tomás - A Contabilidade dos Dias, de Regina Pessoa, e Purpleboy, de Alexandre Siqueira, estão nomeadas para os prémios Annie, atribuídos anualmente em Los Angeles pela divisão de Hollywood da Associação Internacional de Cinema de Animação (Asifa).

De acordo com o site online da organização, os dois filmes estão numa das 32 categorias do prémio, que abrangem desde melhor filme, argumento, voz, personagem, design, a outras categorias técnicas do cinema de animação.

Tio Tomás - A Contabilidade dos Dias é distribuído e promovido pela Agência da Curta Metragem e foi co-produzido entre Portugal (Abi Feijó, Ciclope Filmes), França (Reginald de Guillebon, Les Armateurs) e Canadá (Julie Roy, ONF). A curta de 13 minutos de Regina Pessoa foi duplamente premiada, este ano, no Festival Internacional de Animação de Annecy, França, com o Prémio Especial do Júri e o Prémio para a Melhor Música Original, da autoria do compositor canadiano Normand Roger. O filme também venceu o Grande Prémio do Festival Internacional de Animação do Brasil - Anima Mundi.

A realizadora tem descrito o filme desta forma: “A partir das memórias afetivas e visuais da minha infância, este filme pretende ser uma homenagem ao meu tio Tomás, um homem humilde e um pouco excêntrico, que teve uma vida simples e anónima”. “Com este filme eu gostaria de testemunhar que não é preciso ser-se alguém para se ser excecional na nossa vida”, acrescenta a realizadora.

Regina Pessoa já tinha sido nomeada para os Annie Awards com o seu filme anterior, Kali, o Pequeno Vampiro (2012).

O outro filme português de animação nomeado para os prémios Annie é Purpleboy, que já venceu o prémio de melhor curta-metragem do Festival Internacional de Animação de Pernambuco, no Brasil. O filme de Alexandre Siqueira, uma co-produção da Bando à Parte com a França e a Bélgica, aborda a questão da identidade de género e gira em torno de uma criança que cresce no jardim dos pais, com o corpo a desenvolver-se no subsolo, sem que ninguém conheça o seu sexo biológico, nem o próprio, apesar de ele saber perfeitamente aquilo que quer ser.

Purpleboy já tinha sido também distinguido este ano no Festival Curtas Vila do Conde, como melhor filme de animação.

Para os prémios Annie, na categoria de Melhor Filme, estão nomeados Frozen 2, da Walt Disney Animation Studios; Como Treinar o seu Dragão: O Mundo Secreto, da DreamWorks Animation; Klaus, pela Netflix, numa produção da The Spa Studios e da Atresmedia Cine; Missing Link, da Laika e LLC; e ainda Toy Story 4, da Pixar Animation Studios.

Para Melhor Realização foram nomeados Jennifer Lee e Chris Buck (Frozen 2), Jeremy Clapin (I Lost My Body), Sergio Pablos (Klaus), Chris Butler (Missing Link), e Makoto Shinkai (Weathering With You).

Os vencedores serão anunciados no dia 25 de janeiro de 2020.


Lusa, Público | 3 de dezembro de 2019
Notícia no âmbito da parceria Centro Nacional de Cultura | Jornal Público

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
45,579,288