"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Publicações

Mamã, dá licença que jogue?

«Nós não deixamos de brincar por crescermos; nós crescemos porque deixamos de brincar.» Insofismável esta afirmação do dramaturgo e ensaísta irlandês Bernard Shaw. Concorda? Se a resposta é «sim» então deixe-se levar pela criança que há em si, junte a família e volte a brincar com a ajuda d’Os Jogos da Minha Infância


O livro, que resulta de uma recolha da equipa editorial da Guerra e Paz, chega às livrarias de todo o país e é destinado a leitores dos 8 aos 80 anos. Ou será 88?

Pedrinhas e arte na esquadria para a macaca; destreza motriz e agilidade para o jogo do elástico; saltos dignos de um campeão olímpico no Mamã, dá licença?; cultura geral para o intemporal stop, também apelidado de jogo dos países; pontaria e mestria para o berlinde, também apelidado de «guelas». Os Jogos da Minha Infância devolve-lhe estas e muitas outras memórias de tardes soalheiras repletas de brincadeiras felizes.

O livro resulta de um trabalho de pesquisa e seleção de jogos clássicos levado a cabo pela equipa editorial da Guerra e Paz, Editores, a pensar não só em si, mas em toda a família e amigos. Que tal propor aos mais novos umas pausas nos gadgets e computadores para praticar a verdadeira arte do gaming?  Já imaginou a reação deles ao ver os pais e os avós a jogarem à barra do lenço, à cabra-cega ou a saltarem à corda?

Um livro para recordar o melhor da vida: a alegria de brincar na rua nas férias grandes. O estado do tempo está instável? Acha que o mau tempo pode estragar os planos? Nem pensar! Par além da categoria «Jogos para jogar ao ar livre», Os Jogos da Minha Infância reúne também a categoria «Jogos para jogar em casa». E não, não precisa sequer de eletricidade nem wi-fi para os jogar.

Lembra-se da sueca? Do burro? E que tal um peixinho? Os clássicos das cartas que nunca irão deixar de ser moda. Esqueceu-se do baralho e a petizada já está a desesperar por vídeos do YouTube? Nada tema! Venham daí umas folhas de papel para jogar ao galo (um jogo que permite empates), a forca e até mesmo a batalha naval ou o Quem sou eu?

Quando os recursos faltarem durante as férias, até cadeiras dão para horas de risadas e diversão. São mais de 50 jogos para descobrir, redescobrir e pôr em prática, para pessoas de todas as idades e condições físicas. Alinha numa partidinha?

A obra poderá ainda ser adquirida no site oficial da Guerra e Paz, Editores.

Sinopse
Lembra-se dos jogos que fazia quando não havia tecnologia por todo o lado? O jogo do galo, a cabra-cega ou a macaca garantiam horas de animação! Com este livro, vai poder recordá-los e jogá-los em família ou com amigos. Temos os jogos para dentro e fora de casa que passaram de geração em geração, ótimos para ocupar pequenos e grandes nas férias e nos tempos livres, de forma didática e muito divertida.

Os Jogos da Minha Infância
Guerra e Paz, Editores
Não Ficção / Lazer
112 páginas · 15x23 · 9,00 €

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
43,001,482