"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Notícias

Peça premiada sobre texto de André Gorz para ver no Teatro D. Maria

“Doreen” venceu o prémio da crítica de “melhor criação em língua francesa 2017”.


Entre 13 e 17 de fevereiro sobe ao palco do Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, a peça “Doreen”, que venceu o prémio da crítica de “melhor criação em língua francesa 2017”.

“Doreen” foi concebida a partir de parte do livro “Lettre à D. - Histoire d'un amour”, que o jornalista e filósofo francês André Gorz escreveu para a mulher, quando lhe foi diagnosticada uma doença incurável, em 2007.

Nesta obra, o filósofo Gorz revê a maior parte de sua vida e escreve uma declaração de amor à sua mulher doente, Doreen. A peça concebida por David Geselson é um contraponto à confissão pública de Gorz, pois a história parte do ponto de vista da mulher, numa tentativa de criação entre a realidade e a ficção.

A peça transporta o público para o ano de 2007 e para o apartamento do casal, na noite em que ambos foram encontrados mortos, juntos, na cama que partilharam durante 58 anos de vida em comum.

Interpretada por David Geselson e Laure Mathis, “Doreen” vai estar em cena na Sala Garrett, do Teatro Nacional D. Maria II, até 17 de fevereiro.

No dia 16 de fevereiro, haverá uma conversa com os artistas após o espetáculo, que é falado em francês e legendado em português.

“Doreen” tem cenografia de Lisa Navarro, figurinos de Magali Murbach, desenho de luz Jérémie Papin, desenho de som de Loïc Le Roux e vídeo de Jérémie Scheidler.


in Rádio Renascença | 8 de fevereiro de 2019
Notícia no âmbito da parceria Centro Nacional de Cultura | Rádio Renascença

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
39,969,417