"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Música

Orquestra Sinfónica Portuguesa apresenta-se em Setúbal e Lisboa

A Orquestra Sinfónica Portuguesa interpreta Beethoven e Dvorák na estreia de virtuoso pianista russo Kozhukhin e no regresso do consagrado maestro Pomàrico.

Denis Kozhukhin

13 Jan   |  21h00

Fórum Municipal Luísa Todi
Av. Luísa Todi, 61-67 Santa Maria da Graça, 2900-459 Setúbal

14 Jan   |  17h00

Centro Cultural de Belém
Praça do Império, 1449-003 Lisboa


A Orquestra Sinfónica Portuguesa apresenta um programa composto por grandes obras sinfónicas em Setúbal, no dia 13 de janeiro (21h, Fórum Luisa Todi) e em Lisboa, a 14 de janeiro (17h, Centro Cultural de Belém).

Depois da estreia em Portugal em 2015, num recital em nome próprio, Denis Kozhukhin, 31 anos, atuará pela primeira vez com a Orquestra Sinfónica Portuguesa neste mês de janeiro. Vencedor do Primeiro Prémio da Competição Queen Elizabeth, é um dos mais destacados jovens pianistas russos da atualidade e trará a Setúbal e Lisboa o belíssimo Concerto para piano  nº 4  em Sol maior, op. 58 de Beethoven.

Em ambos os concertos a Orquestra Sinfónica Portuguesa será dirigida por Emilio Pomàrico, maestro argentino que foi presença assídua em São Carlosentre 2003 e 2006, ano em que assegurou a direção musical de Das Rheingold, de Richard Wagner, na consagrada encenação do Anel de Lisboa, o conjunto da tetralogia do compositor alemão.

São, pois, fortes os motivos de interesse para esta jornada dupla que levará, uma vez mais a Orquestra Sinfónica Portuguesa a apresentar-se fora de Lisboa.

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
32,720,176