"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Teatro

Miguel Thiré apresenta "Cidade Maravilhosa"

Um solo de humor apresentado através da narrativa física e da mímica, com estreia dia 13 de outubro, e uma curta temporada, a não perder, na Tenda do Chapitô.

13 Out a26 Nov

Chapitô
Costa do Castelo, nº 1/7 - 1149-079 Lisboa


Em ”Cidade Maravilhosa", Miguel Thiré traz a Lisboa 50 minutos de uma vertiginosa e muito bem humorada crítica ao Rio de Janeiro atual, numa altura em que parece que todos os cariocas se mudaram  para Lisboa. 

Com idealização, criação e performance de Miguel Thiré, coautoria de Carlos Artur Thiré e codireção de Igor Angelkorte, Cidade Maravilhosa estreou, originalmente, em 2015 no Rio de Janeiro, tendo feito mais de 50 apresentações em duas temporadas de sucesso. Em julho deste ano teve uma apresentação única no Bartô, Bar do Chapitô e a reação do público foi tão positiva que foi impossível não voltar a cena.

Com humor e muita mímica, uma história é contada, na primeira pessoa, por quatro diferentes personagens. No entanto, há um único ator em cena e toda a sua versatilidade física e de composição, são capazes de preencher um palco nu com imagens múltiplas. Sem cenário, mudanças de luz ou trocas de roupa, Thiré mergulha num trabalho corporal que prende a atenção. 

Um artista que sentiu a necessidade de falar sobre a sua cidade: um Rio de Janeiro no auge da manifestação da sua herança soberbo-monarca, caótica, que tem no descompromisso a sua marca mais aparente.

Uma Cidade Maravilhosa...

Um dia na vida de típicos cariocas em véspera de carnaval...

Uma velhota simpática que se torna profundamente violenta quando alguém não cumpre o seu compromisso. Um menino de rua que vive a vida com a mesma liberdade sensorial de um cão sem dono. Um homossexual com T.O.C que precisa de salvar o seu namorado prestes a suicidar-se. Um empregado de balcão de uma padaria que tem que ir buscar uma encomenda, mas abandona tudo por uma cerveja na porta do "boteco".

Quatro personagens narram, com humor e através da mímica, histórias suas, que intercaladas contam uma saga que se passa num único dia na cidade do Rio de Janeiro.

BILHETES À VENDA NA BILHETEIRA DO CHAPITÔ
TLF: (00351) 21 885 55 55
RESERVAS POR SMS: (00351) 932233404

Sextas, sábados e Domingos de 13 de outubro a 26 de novembro 
Tenda do Chapitô - 22h00

SOBRE MIGUEL THIRÉ
Miguel Thiré iniciou sua formação aos 10 anos no Teatro "O Tablado" e desde então trabalha nas áreas de teatro, cinema e teledramaturgia.

Após um período de estudos na Desmond Jones School of Mime and Physical Theatre de Londres, em 2003, o ator e diretor Miguel Thiré estendeu sua pesquisa nesta área a vários trabalhos, explorando seu potencial na linguagem da mímica e da narrativa física para desenvolver histórias recheadas de humor e dinamismo.

Como autor e diretor criou em 2006 o espetáculo teatral “Superiores”, que lhe rendeu a indicação ao prémio Shell pela pesquisa de linguagem, e o elogiado monólogo “O Cara” em 2012, com o ator Paulo Mathias Jr.

Em parceria com Mateus Solano, como ator e criador, fez  “2 pra Viagem” em 2007, e “Selfie”, com direção de Marcos Caruso, um sucesso de crítica e público que estreou em 2014 e se mantém em tournée.

Em 2015, Thiré estreou a peça “Cidade Maravilhosa”, solo narrativo de humor, idealizado, criado e encenado por ele em parceria com seu irmão Carlos Artur Thiré, e seu grande amigo Igor Angelkorte.

Também no teatro, atuou em trabalhos como “Tango, Bolero e Chá-chá-chá” e “A Babá” – ambos com direção de Bibi Ferreira; “Otelo”, dirigida e estrelada por Diogo Vilela; “Serie 21”, sob a direção de Jefferson Miranda; “Macbeth”, com direção de Aderbal Freire Filho; “Os Altruístas”, dirigido por Guilherme Weber e “O Homem travesseiro”, com direção de Bruce Gomlevsky.

Na televisão, participou na novela “Paixões Proibidas” na Band; “Poder Paralelo” (2009/10) e a série “Sansão e Dalila”, ambas na Record.

Na TV Globo fez “Porto dos Milagres”, “Malhação” e mais recentemente “Em Família”. Miguel foi protagonista da série “Copa Hotel”, que estreou em 2013 e teve duas temporadas no canal GNT.

No cinema atuou em “O Inventor de Sonhos” (2008) de Ricardo Nawenberg e em “A memória que me contam” (2012) de Lúcia Murat. 

Em Portugal, Miguel Thiré, trabalha como encenador e participa na telenovela da TVI "A Impostora", atualmente em exibição.

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Antestreia do filme A PARTIR DE UMA HISTÓRIA VERDADEIRA

Baseado no romance de Delphine de Vigan este filme foi a aposta do Festival de Cannes para ser o filme de encerramento da seleção oficial, extracompetição. Em parceria com a PRIS Audiovisuais, oferecemos convites para a antestreia em Gaia e Lisboa, dia 20 de dezembro. Habilite-se a ser um dos felizes contemplados!

Passatempo

Ganhe convites para o musical POCAHONTAS

Em parceria com a Yellow Star Company, oferecemos convites duplos para esta peça de teatro musical que está em cena até 30 de dezembro, nos cinemas UCI do El Corte Inglés, em Lisboa. Participe e... boa sorte!  

Visitas
32,422,651