"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Exposições

Márcio Vilela apresenta "Estudo Cromático para o Azul"

Produzida pela Ocupart, esta exposição é composta por um conjunto de fotografias e vídeo, resultado de uma pesquisa realizada em torno dos diferentes tons de azul do céu, ao longo de cinco anos.

15 Set a13 Out

Ocupart | Espaço Camões da Livraria Sá da Costa
Praça Luís de Camões, 22, 4º andar, Lisboa
Lisboa
Portugal


“Este projeto teve como ponto de partida o estudo dos possíveis tons da cor do céu quando 
observado em altitudes compreendidas entre os 0 e os 38.000 metros de altitude em relação ao nível do mar. 

Imaginemos que nos encontramos numa planície ao nível do mar num dia sem nuvens, olhamos para cima e vemos o céu, com o seu tom azul característico. Agora imaginemos que estamos na mesma planície, mas dentro de um balão de gás hélio com capacidade de ascensão de a 38.000 metros de altitude. À medida que o balão ganha altitude a atmosfera torna-se rarefeita, a diminuição na concentração de moléculas da atmosfera tem efeito direto no espectro visível da luz, fazendo com que o azul fique mais escuro à medida que estamos a subir. Quando chegamos finalmente aos 38.000 metros e olhamos novamente para cima, o céu azul é agora negro... Entre os 0 e os 38.000 metros existem infinitos tons de azul possíveis para o céu.

Foi este o ponto de partida desta pesquisa: o registo dos tons de azul do céu existentes nestes intervalos de altitude.”  Márcio Vilela

A exposição vai estar patente de 15 de setembro a 13 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 12 às 19 horas, no Espaço Camões da Livraria Sá da Costa, em Lisboa. 

MÁRCIO VILELA nasceu em 1978 na cidade do Recife, no Brasil. Vive e trabalha em Lisboa.
Em 2006 licenciou-se em fotografia pela Escola Superior de Tecnologia de Tomar, tendo sido docente desta instituição entre os anos de 2008 e 2014. Foi um dos artistas selecionados para o prémio Anteciparte 2008 e para o prémio Descubrimientos do Photoespaña 2009. Em 2012 apresentou o projeto Mono no Carpe Diem - Arte e Pesquisa, resultado de uma residência artística de dois anos nesta instituição. Neste mesmo ano foi selecionado para o “Abre Alas 8”, promovido pela galeria A Gentil Carioca. Ainda em 2012 realizou uma residência na ilha de São Miguel, nos Açores, da qual o resultado é a série Azores. Em 2014 regressa ao Recife para uma residência no MAMAM no Pátio, cujo projeto continua em desenvolvimento. Em 2016 é premiado com uma bolsa de estudos para o European Master of Fine Art Photography, no IED em Madrid.
Suas obras estão presentes na Coleção António Cachola e noutras coleções particulares.

>> Mais informações

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Antestreia do filme A PARTIR DE UMA HISTÓRIA VERDADEIRA

Baseado no romance de Delphine de Vigan este filme foi a aposta do Festival de Cannes para ser o filme de encerramento da seleção oficial, extracompetição. Em parceria com a PRIS Audiovisuais, oferecemos convites para a antestreia em Gaia e Lisboa, dia 20 de dezembro. Habilite-se a ser um dos felizes contemplados!

Passatempo

Ganhe convites para o musical POCAHONTAS

Em parceria com a Yellow Star Company, oferecemos convites duplos para esta peça de teatro musical que está em cena até 30 de dezembro, nos cinemas UCI do El Corte Inglés, em Lisboa. Participe e... boa sorte!  

Visitas
32,422,687