"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Literatura

Homenagem a José Cardoso Pires

No âmbito da homenagem da Câmara Municipal de Lisboa ao escritor José Cardoso Pires, as BLX apresentam um vasto programa a decorrer nas bibliotecas: Palácio Galveias, Hemeroteca e Camões, durante os meses de novembro e dezembro de 2018.

8 Nov a10 Dez

Palácio Galveias, Hemeroteca e Camões
Lisboa
Portugal


Português, urbano, lisboeta: desta biografia se faz a obra de José Cardoso Pires.
E desta outra: nasceu em 1925, viveu dois terços da vida sob o regime policial do Estado Novo e o último na democracia pós-25 de Abril. Estudou sem grande empenho e deixou a Faculdade de Matemática quando percebeu que queria ser escritor.
O primeiro livro foi edição de autor, saiu quando tinha 24 anos. Como escritor não era atividade oficialmente reconhecida, os seus documentos davam-no como não tendo profissão, qual indigente. Na verdade, a espaçada publicação, resultado de um exigente trabalho de maturação de cada obra, implicava complementar essa sua atividade principal com colaborações esporádicas em editoras, jornais e em publicidade.
Morreu em outubro de 1998, na sequência de uma asfixia sofrida no dia em que comemorava 44 anos de casado.

PROGRAMA

Exposição
CARDOSO PIRES POR EDUARDO GAGEIRO
APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA DE HOMENAGEM
Local: Biblioteca Palácio Galveias
Data: quinta feira, 8 de novembro de 2018 | 18h
Patente até 30 de dezembro
Apoio: Relógio de Água

Um escritor maior pela objetiva de um fotógrafo maior, numa exposição de retratos de mais de quatro décadas de cumplicidades. Patente até 30 de dezembro.
Intervenientes: Eduardo Gageiro e Vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto.

Eduardo Gageiro pouco trabalhou diretamente com José Cardoso Pires. Mas cruzaram-se infinitas vezes em Lisboa, em entrevistas e situações sociais diversas. Cardoso Pires admirava o trabalho fotográfico – fundamentalmente de reportagem – de Gageiro, que, por seu lado, admirava a sua escrita desde o primeiro livro publicado. A relação de confiança entre ambos levou muitas vezes o escritor a chamar o fotógrafo para lhe fazer retratos para divulgação dos livros. Esta exposição mostra alguns exemplos dessa disponibilidade de Eduardo Gageiro para assumir o papel de fotógrafo oficioso do autor, ao longo de várias décadas. 
Na seleção agora apresentada, privilegiaram-se retratos menos conhecidos, que, pela qualidade da imagem e pelo à-vontade da relação existente entre ambos, permitem descortinar sinais espontâneos de tensão e descontração do escritor em cada época.
Esta exposição é uma intervenção conjugada da Câmara Municipal de Lisboa e da editora Relógio d’Água, e contou com a cedência benévola das fotografias por parte do próprio Eduardo Gageiro.
Entrada livre.

Visita guiada
LISBOA DE JOSÉ CARDOSO PIRES
Data: 9, 17, 20, 23, 30 de novembro de 2018

José Cardoso Pires é um dos nomes maiores da literatura portuguesa do século XX. Nos 20 anos da sua morte evoca-se a sua obra num percurso pelo bairro de Alvalade, onde viveu durante um período importante da sua vida.
Duração da visita: 2 horas
Entrada gratuita, mediante inscrição prévia: 218 170 742 | lisboa.cultural@cm-lisboa.pt

Lançamento
DOSSIER DIGITAL JOSÉ CARDOSO PIRES

Local: Biblioteca Palácio Galveias
Data: sábado, 10 de novembro de 2018 | 16h

Desenvolvido pela Hemeroteca, este dossier reúne informação sobre a obra de José Cardoso Pires, pretendendo tornar-se uma referência para futuros estudos sobre o autor.
Intervenientes: Ana Cardoso Pires, Bruno Vieira do Amaral e João Carlos Oliveira.
Entrada livre.

Filme
FOTOGRAMAS SOLTOS DAS LISBOAS DE CARDOSO PIRES
Local: Biblioteca Palácio Galveias
Data: quinta feira, 15 de novembro de 2018 | 18h

Exibição do filme produzido em 2008 pela Videoteca Municipal de Lisboa, que teve por base Lisboa, livro de bordo , de José Cardoso Pires.
Entrada livre.

Conversa
TESTEMUNHOS VIVIDOS
Local: Biblioteca Palácio Galveias
Data: sábado, 17 de novembro de 2018 | 16h

Conversa informal onde personalidades de várias áreas, presencialmente ou através de testemunhos gravados, vão partilhar memórias da convivência com José Cardoso Pires.
Intervenientes: Alice Vieira, Rogério Rodrigues
Moderação: Ana Cardoso Pires
Entrada livre.

Conversa
O TEATRO DE JOSÉ CARDOSO PIRES: O RENDER DOS HERÓIS
Local: Biblioteca Palácio Galveias
Data: segunda feira, 19 de novembro de 2018 | 18h30

Reúne-se parte do elenco original da encenação de 1965 (de Fernando Gusmão para o Teatro Moderno), para uma conversa documentada com materiais da época.
Com Ruy de Carvalho, Rui Mendes e Luís Alberto. Moderação de Ana Sousa Dias.
Entrada livre.

Apresentação
LIVROS QUE FORAM NOTÍCIA: DINOSSAURO EXCELENTÍSSIMO

Local: Hemeroteca Municipal de Lisboa
Data: quinta feira, 22 de novembro de 2018 | 18h

A partir da coleção de jornais da Hemeroteca, revisita-se a polémica de um livro que não era para ser. Será acompanhada da mostra de todas as edições deste título, nacionais e estrangeiras. Maria Fernanda de Abreu abordará o livro no contexto da escrita com Censura no Portugal de Salazar. Será inaugurada uma mostra bibliográfica das primeiras edições dos livros do autor.
Com Maria Fernanda de Abreu, Rita Correia e João Carlos Oliveira.
Entrada livre.

Lançamento
LISBOA, LIVRO DE BORDO (Relógio de Água, 2018)

Local: Biblioteca Palácio Galveias
Data: segunda feira, 26 de novembro de 2018 | 18h30
Apoio: Relógio de Água

Lisboa, Livro de Bordo conhece uma nova edição, pela Relógio d’Água, com fotografia de José Carlos Nascimento. Apresentação do livro, seguida de leitura de excertos por atores convidados.
Intervenientes: Francisco Vale e José Carlos Nascimento; leituras por Maria do Céu Guerra, Luís Lucas e Carmen Santos.
Entrada livre.

Apresentação
ALMANAQUE (1959-1961) EM ACESSO DIGITAL
Local: Biblioteca Camões
Data: quinta feira, 29 de novembro de 2018 | 18h

Disponibilização, na Hemeroteca Digital, de um dos mais  inovadores projetos editoriais da sua época, concebido por José Cardoso Pires, exponenciado pelo trabalho gráfico de Sebastião Rodrigues, e com textos da redação mais eclética de sempre.
Intervenientes: Sara Campino, José Brandão e João Carlos Oliveira.
Entrada livre.

Conversa
ADAPTAÇÕES CINEMATOGRÁFICAS: OS CAMINHEIROS (2006)
Local: Biblioteca Palácio Galveias
Data: segunda feira, 3 de dezembro de 2018 | 18h

Em 2006, João Guerra adaptou para cinema “Os Caminheiros”, conto que dá título ao primeiro livro de José Cardoso Pires (1943). Após exibição do filme, realizador e elenco reúnem-se para uma conversa informal.
O escritor João de Melo fala sobre a herança de José Cardoso Pires contista, para a literatura portuguesa.
Intervenientes: João Guerra, Diogo Dória e João Melo.
Entrada livre.

Apresentação
JOSÉ CARDOSO PIRES E O LEITOR DESASSOSSEGADO, DE MARCO NEVES (GUERRA E PAZ, 2018)

Local: Biblioteca Palácio Galveias
Data: quinta feira, 10 de dezembro de 2018 | 18h

Um dos mais recentes estudos sobre o autor, um ensaio que procura desmontar as estratégias e jogos literários da obra de José Cardoso Pires. Pretexto para falar da arte de uma das maiores vozes do romance do século XX português. 
Intervenientes: Manuel S. Fonseca (editor); Professora Maria Fernanda de Abreu; António Lobo Antunes.
Entrada livre.


 

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Visitas
35,650,799