"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Uma Peça | Um Museu

CONTADOR MOGOL

Este imponente móvel composto de dois corpos concentra na frente a sua principal decoração.

Uma peça do Museu Nacional de Arte Antiga


Contador Mogol

Índia mogol
Séculos XVI/XVII
Sind ou Guzarate
Teca, sissó, outras madeiras exóticas, marfim natural e tinto, laca, latão.
Prov. Leilão Burnay, 1936
Inv. 1312 Mov

Nas gavetas do corpo superior, sobre fundo vegetalista e de forma simétrica e repetitiva, recortam-se figuras humanas, em cenas de corte ou de caça, e animais, tendo como eixo a árvore da vida.

Nas portas do corpo inferior é dado grande destaque ao simurgh (retirado da literatura persa) ou rokh (inspirado num dos contos árabes das Mil e uma noites), ave mítica representada junto à árvore da sabedoria onde faz o ninho. Trata-se de um pássaro fantástico também descrito por Marco Polo que se lhe refere nos seguintes termos: “Aqueles que os viram dizem que eles são na realidade como águias muito grandes. Contam que são tão fortes que levantam ao ar um elefante”.

O interesse desta composição tem, ainda, particular significado no plano inferior das portas onde, pela sua indumentária, se destacam figuras de cavaleiros portugueses caçando com grandes lanças. A sua representação na decoração é, sem dúvida, sintomática de uma presença real efetiva.

O modo de construção e técnica utilizados e, sobretudo, o tipo de cenas historiadas e a própria representação dos intervenientes remetem esta peça para produção mogol, distinguindo-a do mobiliário indo-português (embora nele inspirado).

Mogol é o termo usado para designar a dinastia fundada por Babur (chefe guerreiro vindo da Ásia central), que ao conquistar o sultanato de Deli, em 1526, estabelecerá um império maometano na Índia durante mais de três séculos. A palavra virá a englobar a produção artística saída das oficinas imperiais onde se reunia a elite dos artistas das várias regiões do império, resultando em obras que refletiam as diferentes fontes de inspiração. A esse contexto irá acrescentar-se a marcante influência dos missionários portugueses.

Da fusão de todas essas contribuições resultou uma expressão artística, requintada e minuciosa, com características muito específicas como é o caso deste esplêndido contador.

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Antestreia do filme A PARTIR DE UMA HISTÓRIA VERDADEIRA

Baseado no romance de Delphine de Vigan este filme foi a aposta do Festival de Cannes para ser o filme de encerramento da seleção oficial, extracompetição. Em parceria com a PRIS Audiovisuais, oferecemos convites para a antestreia em Gaia e Lisboa, dia 20 de dezembro. Habilite-se a ser um dos felizes contemplados!

Passatempo

Ganhe convites para o musical POCAHONTAS

Em parceria com a Yellow Star Company, oferecemos convites duplos para esta peça de teatro musical que está em cena até 30 de dezembro, nos cinemas UCI do El Corte Inglés, em Lisboa. Participe e... boa sorte!  

Visitas
32,422,596