"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Notícias

Miguel Sousa Tavares no Escritaria e Arundhati Roy em Cascais

Miguel Sousa Tavares estará em Penafiel | Reinaldo Rodrigues/Global Imagens


O autor do romance português mais vendido no século XXI, Miguel Sousa Tavares, será o homenageado da próxima edição da Escritaria. O festival literário de um único escritor que se realiza em Penafiel desde há vários anos decorrerá entre os dias 20 a 22 de outubro e pretende mais uma vez levar uma personalidade da literatura até à localidade, numa iniciativa que já contou com a presença de José Saramago, António Lobo Antunes, Mia Couto, Lídia Jorge, Alice Vieira e Mário Cláudio em anteriores edições e com duas que evocaram Agustina Bessa-Luís e Urbano Tavares Rodrigues.

Arundhati Roy | DR

O Escritaria teve início em 2008 e é organizada pela autarquia e a Editorial Novembro, tendo como objetivo transformar Penafiel "numa cidade de letras e histórias" durante esses dias. Para sempre, no entanto, fica a marca dos convidados ao escolherem uma frase de sua autoria que permanecerá exposta numa parede da cidade, somando-se às dos anteriores convidados, e também o lançamento de uma obra inédita durante os dias em que a iniciativa acontece. Ainda não se conhece o livro a publicar este ano nem a programação da homenagem ao autor de Equador.

O Escritaria reúne múltiplos eventos, desde exposições sobre a obra do convidado, um teatro de rua sempre muito apreciado que faz leituras de partes dos seus livros, diversas conferências e debates, bem como uma feira do livro. No centro histórico repetir-se-á a colocação de vários temas de arte de rua com base na vida e obra de Miguel Sousa Tavares.

Este ano o tema do festival será focado no poeta Luís de Camões e terá como título genérico "Camões: ao desconcerto do mundo", sendo um mote camoniano aquele que estará na origem de todos os debates. Confirmados já estão vários escritores estrangeiros, tal como Henry Marsh, Maylis de Kerangal, Paul Auster, Rosa Montero, Sandra Navidi, Selva Almada e Sophie Hannah, bem como alguns nacionais, entre as quais Lídia Jorge.Arundhati Roy será a convidada mais surpreendente da terceira edição do Festival Internacional de Cultura de Cascais, a realizar ao longo de todos os fins de semana de setembro. A escritora mais conhecida pelo romance O Deus das Pequenas Coisas publicado há duas décadas estará naquela vila para a sessão de abertura no dia 2 de setembro e irá, por certo, comentar o seu mais recente - e segundo - romance, O Ministério da Felicidade Suprema.

O Festival Internacional de Cultura de Cascais é da responsabilidade da autarquia e do Grupo Leya e grande parte das sessões realizam-se na Casa das Histórias de Paula Rego. O evento acontece aos fins de semana de setembro, com início e fecho nos sábado 2 e 30, na vila de Cascais.


por João Céu e Silva, in Diário de Notícias | 11 de julho de 2017

Notícia no âmbito da parceria Centro Nacional de Cultura | Jornal Diário de Notícias

Agenda
Ver mais eventos
Visitas
31,460,245