"É de Cultura como instrumento para a felicidade, como arma para o civismo, como via para o entendimento dos povos que vos quero falar"

Uma Peça | Um Museu

Santa Ana e a Virgem

Contra o pregueado pano de fundo que três anjos seguram recorta-se a figura de Santa Ana com a Virgem ao colo.

Uma peça do Museu Nacional de Arte Antiga.


SANTA ANA E A VIRGEM
Arnau Bassa (atividade 1345/48), Ferrer Bassa (c. 1285/90–1348) e Ramon Destorrents (atividade 1351–1391)
Século XIV
Têmpera sobre madeira de choupo
A 156 x L 112 cm
Compra, 1921
MNAA inv. 1643 Pint
Piso 1, sala 65

Ambas seguram o livro, pretexto e atributo desta característica representação entre a Mãe ensinando a Filha a ler. Santa Ana prende-nos ao seu olhar, centro fulcral de uma pintura em que o negro do manto suporta uma paleta de brancos e vermelhos de que sobressai o véu que lhe emoldura o rosto e o reverso da capa, e que se afirma sobre uma vibração geral de ouro.

Próxima da pintura italiana do tempo no modo como relaciona as figuras com o fundo e entre si, esta tábua catalã integrava um retábulo encomendado por Pedro III de Aragão para a Capela real de Almudaina, em Palma de Maiorca. A estreita ligação ao monarca comprova-se ainda nos escudos com armas de Aragão e de Navarra, Portugal e Sicília, reinos de origem das três mulheres daquele rei. A sua inclusão nesta pintura é, por isso, um elemento considerável para a sua datação.

Agenda
Ver mais eventos

Passatempos

Passatempo

Ganhe convites para o festival Curtas Vila do Conde

Temos o prazer de oferecer convites duplos para sessões da Competição Nacional, a qual reune o melhor do cinema português produzido em 2017 e 2018 em matéria de curta-metragem. Participe e... habilite-se a ser um dos felizes contemplados!

Visitas
34,401,443